|

Didi “Treino é treino, jogo é jogo”

 

Apesar da organização e planejamento imposto à seleção e comissionado técnico pelo Plano Paulo Machado de Carvalho, os preparativos que precediam o embarque à Sucéia sofreriam ainda da falta de seriedade cronica dos órgaos esportivos brasileiros. Como de costume, nao faltaram surpresas durante a convocação de atletas, acusações de favorecimento pelo técnico Feola, jogadores barrados por motivos obscuros e fatos similares. O próprio Didi esteve sob sréio risco de ser barrado pelo auxiliar Moacir (Flamengo) sob a acusação de não estar se esforcando nos treinamentos. Tornou-se então famosa a frase de Didi, que em desabafo à Manchete Esportiva de 2 de Maio de 1958 diria: Treino é treino, jogo é jogo. A imprensa esportiva do Brasil, como já era tradição, também tratava de minar as bases do Plano Carvalho. O jornalista Mário Filho comentaria em artigo do Jornal dos Sports que através do Plano Carvalho o Brasil pouco faria em um torneio internacional, muito menos em uma copa do mundo.

Tags: ,

Voce deve estar logado para comentar Logar